Tem por finalidade estabelecer dispositivos fixos e móveis, assim como meios complementares que visam impedir, proteger e minimizar os danos causados quando da ocorrência de um sinistro de incêndio ou pânico em uma determinada edificação.  É constituído principalmente por um conjunto de plantas arquitetônicas, onde serão indicados o tipo, a localização e a quantidade de equipamentos de segurança contra incêndios, necessários para a proteção de uma determinada edificação. No projeto, constam especificações técnicas dos procedimentos, localização dos hidrantes de incêndio, extintores, portas corta fogo, sistema de pára-raios, cálculo e dimensionamento da potência das bombas, perdas de carga, materiais e instalações a serem utilizadas.